Parque Social

Parque Social

O Parque Social do Clube EDP em Castelo de Bode, denominado de Ribeira do Tomão devido à ribeira do mesmo nome que a atravessa, foi inaugurado em 10 de junho de 1994.

É fruto do empenhamento de diversas entidades envolvidas, das quais se destacaram naturalmente a então Direção Geral do Clube do Pessoal da EDP, a Administração da nossa Empresa e os Responsáveis locais de então, assim como um conjunto de sócios anónimos e particularmente da Delegação do Carregado, que voluntariamente muito trabalharam na construção deste Parque totalmente concebido e gerido pelo Clube EDP.

Depois de uma fase inicial em que muitos sócios usufruíram deste espaço acampando com as suas próprias tendas e caravanas, ou como alterativa, em algumas caravanas adquiridas em segunda mão pelo Clube, a partir de 2014 o Parque assume uma vertente essencialmente residencial, graças também aos Bungalows entretanto adquiridos pelo Clube e que estão ao dispor dos sócios durante todo o ano.

Informações

Informações sobre o Parque Social
Boletim de Inscrição
Reservas-Quotas de utilização 2022
Regulamento do Parque Social 
Regulamento das Piscinas 
Regulamento das Inscrições 
Praias e Monumentos nas proximidades

Marcações e mais informações

Qualquer esclarecimento adicional contacte:
Clube do Pessoal da EDP – Direção Nacional
Av. Defensores de Chaves, 52A
1000-120 LISBOA
Email: clubeedp.tejo@edp.pt
Telefone: 210 017 181
Telemóvel: 931 175 545
Portaria do Parque:
Telefone: 931 175 796
(Último recurso): 968 061 488

João Sousa

Entusiasta, obreiro e primeiro Diretor do Parque

Manuel João de Almeida e Sousa foi o Diretor do Clube que assumiu a responsabilidade pelo Parque Social da Ribeira do Tomão desde o anteprojeto, em 1990, até 2015.

Nasceu em 1956, no Porto (Massarelos) e foi admitido em fevereiro de 1974 na SEOL – Sociedade Elétrica do Oeste, Lda., onde desempenhou funções na área do Desenho Técnico e Topografia.

Em 1985 mudou-se para a Central Termoelétrica do Carregado, onde ocupou uma vaga de Técnico de Desenho no Gabinete de Métodos. Um ano depois – ele, que já era sócio do Clube desde a sua entrada na SEOL – passou a fazer parte da Direção Local da Delegação do Carregado e, em 1990, foi eleito Vogal da Direção Nacional do Clube. Em 2007 – e até 2015 – desempenhou funções de 2º Secretário desta Direção.

Sempre identificou o Clube como uma entidade sem a qual dificilmente poderia ter alcançado equilíbrios entre desempenho profissional, convívio social, valorização pessoal e conhecimento da Empresa.

Aos novos colegas que são admitidos no Grupo EDP dirige uma mensagem: associem-se ao Clube; cultivem o Companheirismo e a Amizade. É que, afirma, “sente-se mais a empresa quando se é membro do Clube” …